ECONOMIA FISCAL E INOVAÇÃO

Aqui no blog você se informa sobre tudo o que compete ao universo fiscal: alterações legislativas e normativas, obrigações acessórias, regimes especiais, jurisprudência, e muito mais.

3 setores onde investir e captar incentivos fiscais

Além de se tornar um player proeminente no mercado, a sua empresa pode ainda conseguir captar benefícios financeiros de programas de incentivos como o RFAI.

Muitas empresas com uma cultura voltada para a prática de atividades de Investigação e Desenvolvimento, acabam por não estar tão à vontade com investimentos financeiros. Existem várias opções no mercado, mas quais serão os melhores setores onde investir e captar incentivos fiscais? Descubra algumas alternativas neste post!

1 – TURISMO

Um dos setores onde poderá investir e  obter benefícios fiscais, tanto o RFAI como o SIFIDE, é o do turismo. Sendo este um setor com uma oferta muito ampla, poderá ser viável uma atuação ao nível da diversificação das opções para os clientes ou em tecnologias de informação e comunicação específicas para a área do turismo. 

É ainda possível atuar ao nível do aluguer de bens recreativos, na exploração de salas e espetáculos, nas atividades em jardins zoológicos e reservas ecológicas, entre outros. Explore as possibilidades e aproveite os incentivos fiscais!

2 – INDÚSTRIAS EXTRATIVAS E TRANSFORMADORAS

A finalidade deste sector passa pela extração de recursos naturais para a obtenção de lucros. Alguns exemplos são o petróleo, o gás natural, o sal marinho, entre outros.

É importante dizer que, se tiver alguma intenção de modificar características como, por exemplo, a refinação de sal, estas serão consideradas ações das indústrias transformadoras. Neste caso, as opções são ainda maiores e servem desde a preparação de bovinos até ao fabrico de produtos informáticos e veículos automóveis.

3 – ATIVIDADES DE INVESTIGAÇÃO E DESENVOLVIMENTO

O estudo e a prática científica também são alvo de benefício por parte do sistema RFAI. Pode procurar I&D em todos os setores, tanto nas ciências físicas e naturais como na biotecnologia, por exemplo.

Não pense que as outras ciências não podem ter inovação, uma vez que as ciências humanas e sociais estão na mesma categoria e são consideradas financiáveis. É muito importante ter em mente que a inovação não se trata apenas de mudanças tecnológicas, mas de algo que melhora significativamente qualquer produto ou processo.

Para saber mais sobre incentivos fiscais e receber dicas sobre inovação, visite o Blog da GT Consultoria. Pode ainda entrar em contacto conosco caso esteja interessado no universo da I&D. Os nossos especialistas vão encaminhá-lo para o melhor benefício possível e apoiá-lo em cada passo!

Porto | Portugal
Rua de Belos Ares, 146
1º Porto – Fte 4100-108
Tel: +351 221 108 975
Madrid | Espanha

Calle de Gandía, 1 Aldefas
Tel: +34 91 0603228

 

Brasil

Avenida Anápolis, CJ 603
Barueri, SP 

06404-250
Tel: (11) 3522-7035

Colômbia
Carrera 5 # 71-21. Torre A, Piso 5.
Tel: +57 1 5189 677
Chile

Av. Angamos 1167
Antofagasta
Tel: +56 44 8900 584

Todos os direitos reservados © – 2021- GT Consultoria